Make your own free website on Tripod.com

YORUBA ONLINE

Nossa Raiz

Yoruba Online | Nossa Raiz | Yoruba Básico | Nossos Produtos

nigeria.gif

Nigéria
 
Área: 923.773 km2
População: 150 milhões de habitantes
Capital: Abuja
Línguas: Inglês, Yoruba, Haussa, Igbo
Moeda: Naira , dividido em 100 cobes
Indepêndencia: 1 de outubro de 1960
Clima: Tropical (média superior a 25 graus
Principais Grupos Etnicos: Yorubas, Haussas Igbos, Fulani
Religiões: Cristianismo, Islamismo, Culto aos Deuses Orisas- religião básica do país, visto que o Islamismo e o Cristianismo são resultados de sua Colonização.
 

 
 
 
 
Links:

Mantendo-se informado com os seguints jornais locais: 
 
 
 
 

criancasnigeria_artista_abbas.jpg

História da Nigéria

O Império Kanem-Bornu, próximo ao Lago Chad, dominou a parte norte da Nigéria por mais de 600 anos, prosperando como rota de comércio entre os bárbaros norte-africanos e o povo da floresta. No começo do século XIX, Usman dan Fodio reuniu a maior parte das áreas do norte sob o crontrole de um império islâmico tendo como centro Sokoto.

Ambos os reinos de Oyo, no sudoeste, e Benin, no sudeste, desenvolveram sistemas elaborados de organização política nos séculos XV, XVI e XVII. Ife e Benin são notas pelas suas grandes obras artísticas em marfim, madeira, bronze e metais.

Entre os séculos XVII e XIX, comerciantes europeus estabeleceram portos costeiros para o aumento do tráfico de escravos para as Américas. O comércio de commodities substituiu o de escravos no século XIX.

A Companhia Real de Niger foi criada pelo governo britânico em 1886. A Nigéria tornou-se um protetorado britânico em 1901, e uma colônia em 1914. Em resposta ao crescimento do nacionalismo nigeriano ao final da Segunda Guerra Mundial, o governo britânico iniciou um processo de transição da colônia para um governo próprio com base federal, concedendo independência total em 1960, tornando-se a Nigéria uma federação de três regiões, cada uma contendo uma parcela de autonomia.

Em 1966, dois golpes sucessivos por diferentes grupos militares deixaram o país sob uma ditadura militar. Os líderes do segundo golpe tentaram aumentar o poder do governo federal, e substituíram os governos regionais por 12 governos estaduais. Os Igbos, grupo dominante etnicamente na região leste, declararam independência como a República de Biafra em 1967, iniciando uma sangrenta guerra civil que terminou com sua derrota.

Em 1975, um golpe pacífico levou Murtala Ramat Mohammed ao poder, que prometeu um retorno ao estado civil. Entretanto, ele foi morto em seguida, tendo como sucessor Olusegun Obasanjo. Uma nova constituição foi promulgada em 1977, e eleições foram realizadas em 1979, sendo ganhas por Shehu Shagari.

A Nigéria retornou ao governo militar em 1983, através de um golpe que estabeleceu o Supremo Conselho Militar como o novo órgão regulamentador do país. Depois das eleições de 1993, que foram canceladas pelo governo militar, o general Sani Abacha subiu ao poder. Quando ele morreu subitamente em 1998, Abdulsalami Abubakar tornou-se o líder do SMC, agora conhecido como o Conselho Provisório de Regulamentação. Ele anulou a suspensão da constituição de 1979 e, em 1999, a Nigéria elegeu Olusegun Obasanjo como presidente nas suas primeiras eleições em 16 anos. Obasanjo e seu partido também ganharam as turbulentas eleições de 2003.

Geografia


Localização: centro-oeste da África
Características: litoral com lagos, região plana e baixa com as depressões com vales do Níger e do Benuê (S), elevações e platôs (centro, N), planícies e lago Chade (NE)
Clima: tropical (N), equatorial (S)
Área: 923.768 km²
População: 121,8 milhões (1998)
Composição étnica: grupos étnicos autóctones 94,5% (principais: hauçás 23%, fulanis 22%, iorubas 21%, ibos 18%, tives 3%, ijos 6%, buras 1,5%), outros 5,5% (1996)
Cidades principais: Lagos (1.347.000), Ibadan (1.295.000), Kano (699.900), Ogbomosho (660.600), Oshogbo (441.600) (1992)

 

Governo


República presidencialista (ditadura militar desde 1993).
Divisão administrativa: 36 estados.
Chefe de Estado e de governo: general Abdusalam Abubakar (desde 1998).
Principais partidos: Comitê do Consenso Nacional (CNC), Democrático da Nigéria (DPN), Centro Nacional da Nigéria (NCPN), Movimento Democrático (GDM), Congresso Unido da Nigéria (UNCP) (únicos legais).
Legislativo: não há, dissolvido desde 1993.
Constituição: suspensa desde 1993.

 

Economia


Agricultura: cacau (155 mil t), látex (90 mil t), óleo de palma (810 mil t), milho (2,9 milhões de t), arroz (3,3 milhões de t), sorgo (7,3 milhões de t), cará (19,6 milhões de t), inhame (1,8 milhão de t), mandioca (30,4 milhões de t)(1997)
Pecuária: eqüinos (1,2 milhão), bovinos (19,6 milhões), camelos (18 mil), suínos (7,6 milhões), ovinos (14 milhões), caprinos (24,5 milhões), aves (126 milhões) (1997)
Pesca: 255,5 mil t (1995)
Mineração: petróleo (756 milhões de barris), gás natural (37 bilhões de m³), carvão (betuminoso: 30 mil t) (1996)
Indústria: alimentícia, bebidas, refino de petróleo, siderúrgica, automobilística, têxtil, tabaco, calçados, farmacêutica, papel, materiais de construção (cimento)
Parceiros comerciais: Alemanha, Reino Unido, EUA, França, Espanha, Holanda (Países Baixos), Itália

 

Fonte : Wikipedia

 
 
Por favor entre em contato e ofereça comentários.
Filie-se a nossa lista de email para ficar informado
sobre futuros eventos.

akinrichardbr@gmail.com

...